• Cria Propaganda

Uma carta para Michelle

Atualizado: 27 de fev. de 2020

MOMENTOS...

O que são os momentos?

Segundo o dicionário, é um substantivo masculino que dá nome a um “intervalo de tempo determinado; tempo breve; instante”, entre tantas outras formas de explicar. E na vida existem vários quinhões de acontecimentos, mas quando eles se juntam, se confundem com ela própria, o que me fez refletir, que a minha só iniciou depois de te conhecer.


Afirmo isso porque, a partir do ‘momento’ em que pude te ver como a “minha mulher”, não faltaram ‘momentos’ de felicidade, de desafio, de stress, de realizações e de confirmação que, ao meu ver, nascemos um para o outro.


Como esquecer a viagem que fizemos à noite, de moto, num frio extenuante para recebermos um não de um cliente ou ainda da sociedade que tive, com o seu apoio, onde todos os meus recursos foram perdidos, nos dando a oportunidade de começarmos a nossa história do zero, sem nenhuma garantia, mas com muita vontade de vencer.


Cada ‘momento’ dessa jornada, independentemente de ser bom ou ruim, é um degrau que tivemos que passar para que o nosso amor ficasse mais sólido, como agora, onde juntos enfrentamos uma grande batalha contra uma síndrome grave que me colocou em risco de morte, cerceando os movimentos, entre muitas outras coisas e que, unidos, a cada dia damos “um passo”.


Enfim, em ‘momento’ nenhum me furtei de reconhecer o seu valor, uma mulher forte, linda, dedicada e uma pessoa comum, que como qualquer outro ser humano, tem defeitos. Contudo hoje, dia que Deus escolheu para que você viesse ao mundo para mim, essa vontade é ainda maior. Portanto, siga como essa pessoa especial, que o nosso Pai criador possa lhe dar paz e felicidade, junto com ela a vontade de evoluir sempre, em caridade, humildade e perseverança.


Enquanto respirar, por mim, ‘caminharemos’ juntos. Aproveito ainda o ensejo para pedir perdão pelos meus ‘momentos’ de impaciência, individualidade, intransigência e todas as transgressões mais que possa ter, tanto antes, quando gozava de todas as minhas faculdades, quanto agora, que enfrento essa jornada e, ao invés de marido, na maioria das vezes, sou uma espécie de filho, filho esse que às vezes dá muito trabalho!


Te amo hoje e sempre!

123 visualizações2 comentários